18
fev

Assovia

Postado por: Moça do Brigadeiro Categoria: Sortido
poetas_brasil_f_004[1]

  “Ninguém abra a sua porta para ver que aconteceu: saímos de braço dado, a noite escura mais eu.   Ela não sabe o meu rumo, eu não lhe pergunto o seu: não posso perder mais nada, se o que houve já se perdeu.   Vou pelo braço da noite, levando tudo que é meu: – a dor que os homens me deram, e a canção que Deus me deu.”   Cecília Meireles

15
fev

A Arte de Amar

Postado por: Moça do Brigadeiro Categoria: Sortido
manuel[1]

  “Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma. A alma é que estraga o amor. Só em Deus ela pode encontrar satisfação. Não noutra alma. Só em Deus – ou fora do mundo.   As almas são incomunicáveis.   Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.   Porque os corpos se entendem, mas as almas não.”   Manuel Bandeira

09
fev

Para o Carnaval

Postado por: Moça do Brigadeiro Categoria: Sortido
fernanda-young-escritora-e-apresentadora-1264703717443_1024x768[1]

  “Todo ano é a mesma coisa: você chega, fica aqui três dias e aí vai embora. Volta um ano depois, todo animadinho, querendo me levar para a gandaia. Olha, honestamente, cansei.   Seus amigos, bando de mascarados, defendem você. Dizem que sempre foi assim, festeiro, brincalhão, mas que no fundo é supertradicional, de raízes cristãs, e só quer tornar as pessoas mais felizes.   Para mim? Carnaval, desengano… Você recorre à sua origem popular e incentiva essas fantasias nas pessoas, de que você é o máximo, é pura alegria, mas não passa de entrudo… Saiba mais

30
dez

O Fim e o Começo

Postado por: Moça do Brigadeiro Categoria: Sortido
14136646[1]

    Como era de se esperar, não teve fim de mundo. Mas 2012 não foi um ano qualquer. Muitas pessoas à minha volta sentiram algo parecido com o que senti: que este foi um ano de intensidade única, com uma energia capaz de encerrar etapas. Um ano de despedidas, algumas concretas, outras mais sutis. Houve quem tenha terminado casos mal resolvidos, quem tenha se conscientizado de um problema que não queria ver, quem se deu conta da fragilidade de uma situação, quem tenha aceitado um desafio que exigiu coragem, quem tenha enfrentado uma situação… Saiba mais

24
nov

Olavo Bilac

Postado por: Moça do Brigadeiro Categoria: Sortido
sobreCultura - Bilac (fig1)_445x600[1]

  Ao coração que sofre, separado Do teu, no exílio em que a chorar me vejo, Não basta o afeto simples e sagrado Com que das desventuras me protejo.     Não me basta saber que sou amado, Nem só desejo o teu amor: desejo Ter nos braços teu corpo delicado, Ter na boca a doçura de teu beijo.     E as justas ambições que me consomem Não me envergonham: pois maior baixeza Não há que a terra pelo céu trocar;   E mais eleva o coração de um homem Ser de homem sempre… Saiba mais

Página 2 de 71234567

Todos os Direitos Reservados à Moça do Brigadeiro © 2017 - Design by Casa do Cliente - Tema criado por Ze Luiz R - Desenvolvido em WordPress